Waiting for Superman

“Toda manhã é a mesma coisa. Suco, sapato, mochila…o ritual matutino. E com ele vem uma sensação inquietante. Não importa quem somos ou em que bairro vivemos, todas as manhãs querendo acreditar em nossas escolas…a gente faz um voto de fé.”

Estas são as primeiras frases o documentário chamado Waiting for Superman (Esperando o Super-Homem) o qual depois de algum tempo, consegui assistir na tarde de hoje. E o parecer não poderia ser o contrário do que eu esperava quando soube que a temática do documentário era a educação: TRISTE.

Filho de professora que sou, irmão de outra profissional de mesmo ramo e formado em magistério e em um curso de licenciatura com experiência de sala de aula de 2 anos em ensino superior não esperava ter nenhuma surpresa ao ver tal documentário.

Tenho vários amigos e conhecidos na área da educação e o consenso é geral: A educação é um sistema falido. Pelo menos da forma que se encontra hoje.

Não tenho pretensão de, com esse post, gerar uma discussão sociológica ou filosófica sobre a área e apontar as possíveis soluções sendo que nem eu as conheço bem.

O interessante e que tenha talvez me chamado mais atenção seja o fato de que uma superpotência como os estados unidos sofrem de graves crises no sistema educacional no país todo com emaranhados de leis e emendas e regulamentos internos e autônomos que se embaraçam e tropeçam nas mesmas leis e emendas nacionais. E quem paga o famoso pato? Se você respondeu alunos e professores….resposta CERTA!!!!!

Nada seria novidade se não soubéssemos de todo o fato da alienação compartilhada em tal país e por isso, não à toa, temos o título do documentário e trechos do Green Day ao fundo como:

 

Don’t wanna be an American idiot
Don’t want a nation under the new midia
And can you hear the sound of hysteria?
The subliminal mind, fuck America

 

Como já dito..nem entrarei em questões que infelizmente são tidas como desgastadas hoje em dia aqui mesmo pertinho da gente na terra do samba, mulher e futebol (principalmente pelo excesso de debate e falta de ações) como melhorias na educação, reformas, melhores condições e salários aos professores, valorização e maior respeito pela classe, maiores investimentos e prioridade na área que eleva a condição de vida de qualquer país para melhor. Tudo é tão óbvio, os caminhos muitas vezes são tão claros que precisa de um tampão muito grande para não querer ver.

Triste mesmo é ver pais que batalham por vidas melhores para os filhos e buscam isso na educação entre tantos outros caminhos e se sujeitam a loterias e sorteios de vagas em escolas públicas que contemplam pouquíssimos dos inscritos.

Fica a dica e o convite para ver e acima de tudo se indignar SEMPRE.

 

Anúncios

Sobre vidarealinventada

Chato, curioso e inconstante.
Esse post foi publicado em Quase cult e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Waiting for Superman

  1. Pingback: Escolas matam a criatividade? | Vida Real Inventada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s