PIADA DE MAU GOSTO

Dia desses, caminhando pela rua, escutei um jingle e uma locução de um canditado a governador. Na altura que já estava a disputa eleitoral tais estratégias publicitárias já estavam no popular “entrando pelo um ouvido (instalando no subconsciente) e saindo pelo outro”, mas na tal locução algo me chamou a atenção. O texto dizia tantas qualidades do candidato que logo o mesmo poderia ser confundido com um mártir, um santo. “Honesto, batalhador, digno, sincero, trabalhador” entre outros adjetivos que o levariam a canonização, beatificação ou sei lá o que logo o seu pós morte.

O engraçado em escutar tudo isso é a dúvida de saber quem é a fonte de tais adjetivos? O próprio canditato, que num ato hedonista (ou narcisita, não sei), se intitula como tal? A família? o partido? O povo? e por que tais qualidades são tão frágeis e sem consistência a ponto de ficarem apenas nas campanhas?

Dentre todos os clichês e piadas (em mão dupla) da política brasileira ainda me assusto com algumas situações. Me refiro a piada por que quando vejo um vídeo como esse é o que penso que eles (os candidatos) estão fazendo com a gente: uma PIADA. De mal gosto, diga-se de passagem.

Depois te tantas gafes e besteiras deixando claro o seu despreparo, Weslian Roriz é o novo “hit” da internet.

PS: Pasmem. Ela está nas disputas do 2º turno, mas como diz o nick do msn de uma amiga “País que elege Tiririca como deputado não tem direito de reclamar”.

Anúncios

Sobre vidarealinventada

Chato, curioso e inconstante.
Esse post foi publicado em Vida real e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para PIADA DE MAU GOSTO

  1. pvkresselack disse:

    . “Eu quero defende toda aquela corrupção, ” .
    .
    .
    .
    . De forma que a coisa é assim, entende?! .
    .
    .
    .
    . Até o tiririca manda melhor que essa senhora aí! .
    . Uma vez que dizem dele ser analfabeto, mas fazendo o que faz, e tendo a repercursão que tem, dá pra admitir que ao menos é o minimo criativo e “macaco véio” o suficiente para não passar uma vergonha dessas, de maneira que essa “analfabeta funcional”, inclusive, desperta uma vergonha alheia muito grande! .
    .
    .
    .
    . Abraço! .
    .
    .
    .
    . P.V. Kresselack .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s